Você sabe qual é a diferença entre Portaria Virtual e Remota?

É muito comum essas tecnologias serem confundidas e gerarem insegurança por parte dos síndicos e condôminos na hora de contratar suas soluções.

Neste artigo, esclareceremos todas as suas dúvidas e te mostraremos as vantagens de cada uma delas.

Dessa forma, ficará mais fácil escolher qual tecnologia atenderá às exigências do seu condomínio ou empresa. Continue lendo o artigo abaixo para saber mais:

Controle de acesso pela Portaria Virtual e Remota

O controle de acesso de ambas é eficaz, contudo a Portaria Remota possui grandes vantagens!

Na Portaria Virtual é necessário que o morador esteja presente em casa para liberar o acesso do visitante, por meio do interfone. Não tendo suporte disponível 24h por dia, o síndico que deverá tomar todas as atitudes e responsabilidades, agindo caso algum problema aconteça. 

Já na Portaria Remota este processo se torna mais “autônomo”, pois não é necessário que o morador esteja presente em casa, ele pode liberar o visitante por onde ele estiver, por meio de uma ligação telefônica ou pelo registro, através da central remota de atendimento e monitoramento contratada.

A Portaria Remota também permite o acesso via QR Code, ou pelas chamadas “chaves de acesso” registradas por aplicativos oferecidos por empresas de monitoramento, tornando o processo de entrada do visitante mais personalizada e segura.

Para manter e reforçar ainda mais a segurança no ambiente físico da Portaria Remota, é obrigatório a instalação de uma eclusa para diminuir os riscos de delinquentes ou pessoas não autorizadas entrarem no condomínio, junto com outro visitante ou morador.

Relatórios de registro de entrada e saída do condomínio

É muito importante ressaltar a importância do registro de saída e entrada dos visitantes e moradores, pois caso algum problema de segurança aconteça, este pode ser resolvido mais rapidamente e de forma mais eficiente, já que tudo foi registrado.

Infelizmente, no serviço de Portaria Virtual é mais difícil de se obter este registro já que o síndico, muitas vezes, não está disponível 24 horas por dia para ter total controle.

O que não ocorre na Portaria Remota, onde tudo é registrado 24 horas por dia pela central e reportado ao síndico e moradores. Estes dados muitas vezes podem ser disponibilizados nos aplicativos que oferecem aos condôminos e síndicos dados sobre a movimentação de pessoas e prestadores de serviço.

E quando falta energia ou queda da internet, como cada Portaria pode garantir a segurança do meu condomínio?

Esse é um questionamento muito feito por parte dos condôminos em reuniões de assembleia, o que mais uma vez, podemos apontar a Portaria Remota como a mais vantajosa.

Quando acontece uma queda de energia ou de internet a Portaria Remota estará pronta e preparada para acionar seus geradores de energia de emergência, por exemplo, e diagnosticar e resolver falhas imediatamente, todos os dias da semana 24h por dia. Dando mais agilidade no processo de resolução do problema e mantendo a segurança dos condôminos.

Porém, em Portarias Virtuais quando isso acontece todo processo é realizado de forma mais lenta ou até não se resolva, já que mais uma vez o síndico agirá sozinho sem nenhuma tecnologia suporte ou equipe externa disponíveis para orientá-lo.

Qual portaria demanda menos investimento?

Este ponto é muito relativo, já que a Portaria Remota exigirá um investimento inicial elevado, se comparada a Portaria Virtual, e por demandar de diferentes tecnologias e softwares de segurança.

Porém, a longo prazo esta pode trazer inúmeras vantagens e benefícios que a Portaria Virtual não trairia, como o corte de custos de funcionários e diminuição das despesas de manutenção, por exemplo.

No fim das contas, qual escolher?

Toda e qualquer decisão referente a segurança condominial, deverá ser discutida em conjunto por meio de assembleias com os moradores e síndicos.

Assim, as soluções oferecidas pela Portaria Virtual e Remota devem ser avaliadas e discutidas para que se escolha a que esteja mais alinhada as exigências dos condomínios e garantir a segurança de todos.

Por fim, escolhida a melhor solução, agora é hora de procurar a melhor empresa para realizar estes serviços de Portaria Virtual ou Remota. Contudo, cabe ao síndico levantar estas informações e levá-las a assembleia para votação. Abaixo, saiba alguns itens que devem ser avaliados antes da contratação:

Itens que devem ser analisados na hora de escolher a empresa que implantará a Portaria Remota ou Virtual

Não adianta nada saber qual é a diferença entre Portaria Virtual e Remota e suas vantagens, se a empresa escolhida para oferecer este serviço não for ética e eficiente.

Na contratação da empresa de terceirização de Portaria Remota ou Virtual é muito importante que os síndicos e condôminos avaliem os seguintes pontos:

  • Custo de implementação: vale o retorno sobre o investimento?
  • Tecnologia e equipamentos oferecidos são de ponta?
  • A empresa possui reclamações trabalhistas?
  • Possuem funcionários suficientes e qualificados para atender 24h por dia, todos os dias da semana, os chamados dos moradores, visitantes e prestadores de serviço?
  • Respondem às reclamações se omitindo ou resolvendo os problemas?

Depois de avaliados estes pontos com cautela e dedicação, escolha a melhor empresa de Portaria Virtual ou Remota para seu condomínio ou empresa.

Temos certeza que seguindo todas estas informações e dicas, você escolherá a melhor solução!

Agora que você já sabe qual é a diferença entre Portaria Virtual e Remota!

Quer saber mais sobre o universo de segurança condominial, suas condutas e novidades? Então continue acompanhando o blog da Portaria System.